Advogado de direito sucessório: saiba o que faz o profissional e como contratar

Advogado de direito sucessório: saiba o que faz o profissional e como contratar

03 Ago

Você precisa de um advogado de direito sucessório? Esse profissional é muito requisitado no mercado, embora nem todas as pessoas entendam quais são as suas especializações e qual é o momento certo para começar a pensar em questões relacionadas ao direito sucessório. Aliás, nem todo mundo sabe o que significa esse termo!

 

Porém, antes de mais nada, é preciso saber que o planejamento sucessório não é um chamado de morte ou até mesmo um mau presságio. Na verdade, ele é essencial para garantir que você tenha todos os seus direitos respeitados após o falecimento. Logo, ao invés de esperar até que seja tarde demais, você pode garantir um futuro melhor para os seus descendentes e terá muito mais tranquilidade.

 

Mas, é claro que, para isso, você deve entender quais são as áreas de atuação do advogado e quando é o momento certo para contratar o advogado, além de compreender melhor os seus direitos e deveres para saber o que se pode esperar deste tipo de trabalho.

 

 

O que é o direito das sucessões?

 

O Direito Sucessório, ou Direito das Sucessões, engloba as normas jurídicas que compõem a regulamentação da transferência de patrimônio do falecido aos seus herdeiros. Dessa forma, torna-se a garantia de que as posses e bens materiais de um indivíduo serão passados aos seus filhos ou herdeiros nomeados após a morte.

 

O testamento é um dos instrumentos que garante a transferência de bens. Neste documento, o cidadão vai deixar claras quais são as suas últimas vontades, indicando quem deve receber o que de seu patrimônio. Porém, caso o testamento não tenha sido elaborado, ainda existem leis que garantem a transferência de bens e posses.

 

Nesse caso, o advogado de direito sucessório age de acordo com a lei para garantir a sucessão dos bens materiais. Independentemente de qual é a instância de contratação do profissional, não há dúvidas de que ele pode ser um excelente aliado neste momento.

 

 

Quais são as funções do advogado de direito sucessório?

 

Inventário

 

Além de atuar com o testamento e a garantia de transferência dos bens, o advogado também é responsável pelo inventário. Não sabe o que é isso? Sem problemas! O Inventário é a ferramenta judicial que viabiliza e formaliza a transferência de bens.

 

Quando uma pessoa falece, seus bens, direitos e dívidas tornam-se universalidades que devem ser transmitidas aos herdeiros. Logo, o inventário reúne todos esses bens, posses, dívidas, direitos e afins para garantir a transferência.

 

O inventário pode ser realizado por meio do poder judiciário, sendo que a modalidade extrajudicial acontece também quando não existem herdeiros menores de idade, quando o falecido não tem um testamento ou quando todos os herdeiros estão de acordo com a transferência de bens. Afinal, nesses casos, não existe a necessidade de envolvimento do Poder Judiciário.

 

Testamento

 

O cidadão que deseja elaborar o seu testamento também precisa do apoio de um advogado de direito sucessório. Isso porque o documento garante as últimas vontades do testador e o advogado torna-se o profissional responsável pela prática desses desejos, surtindo efeito após o falecimento.

 

No documento, o testador define o destino de seus bens e quem são os herdeiros testamentários e legatário. Para isso, ele pode contar com toda a orientação jurídica por parte do advogado de direitos da sucessão. Além de ajudar a elaborar o testamento, o advogado garante também a sua formalização e o pleno cumprimento após a morte.

 

Planejamento sucessório

 

Por último, o advogado de direito sucessório pode atuar também no planejamento sucessório, um instrumento de organização da Sucessão. Nesta etapa, impõe-se aos herdeiros as responsabilidades relacionadas à conservação do patrimônio do falecido, evitando problemas no futuro.

 

O Planejamento Sucessório também repassa os direitos e deveres da administração de empresas que eram geridas pelo falecido, além de impor regras que impedem a dilapidação do patrimônio que foi construído.

 

Investir no planejamento sucessório é uma forma de reduzir os gastos com o inventário, com impostos, com os honorários do advogado e também com o tempo. Afinal, este pode ser um momento conturbado e o especialista pode ajudá-lo a passar por essa transição da melhor forma possível.

 

 

Quanto custa um advogado de direito sucessório?

 

Antes de saber quanto vai custar o seu caso, será preciso agendar uma consulta inicial com o advogado. Afinal, ele precisa, antes de mais nada, entender quais são as suas necessidades e definir as etapas importantes para o direito sucessório.

 

Após essa conversa inicial, o profissional vai poder elaborar o custo de seus serviços, sempre respeitando os valores mínimos e máximos regulados pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

 

Então, se você quiser solicitar o seu orçamento, não perca mais tempo! Entre em contato com os nossos profissionais agora mesmo e comece a planejar melhor a sua vida, sem mais dores de cabeça.

Possui
alguma dúvida?


E-mail
contato@brunojussiani.adv.br

Endereço
Rua Jamil Felix Naglis, nº 493
Vila Nascente, Campo Grande - MS

Ver no google maps

Rua Barão de Melgaço, nº 3916
Centro Norte, Cuiabá - MT

Ver no google maps

Bruno Jussiani Advocacia

Bruno Jussiani com sede em Campo Grande desde 2009, tem atuação preponderante no Mato Grosso do Sul, não obstante podendo atender clientes em todo Brasil.

Desenvolvido por SunsetWeb - 2021

Fale com o atendimento

Clique para chamar