Advogado de separação e divórcio: tudo o que você precisa saber

Advogado de separação e divórcio: tudo o que você precisa saber

03 Ago

Quando precisam de um advogado de separação e divórcio, muitas pessoas ficam confusas em relação a quem contratar. O divórcio é uma parte cada vez mais comum da vida familiar e nem sempre precisa ser o sinônimo de uma etapa conturbada e problemática. Na verdade, com o apoio certo, é possível até mesmo que você encare essa fase como um recomeço e da forma mais amigável possível.

 

A separação de um casal envolve muito mais do que apenas o fim de um laço afetivo. Existem direitos e deveres que devem ser cumpridos após o divórcio e a função do advogado é justamente garantir que você tenha esses direitos respeitados.

 

Além disso, o profissional vai também orientá-lo em relações que podem ser consequentes do divórcio, como pensão alimentícia, guarda compartilhada e separação de bens. Por isso, antes de contratar um profissional, é preciso entender um pouco melhor como funciona sua atuação e como ele pode ajudá-lo nesta nova fase.

 

 

Qual a função do advogado de separação e divórcio?

 

Todos os advogados passam pela mesma formação – isso é, o curso superior de direito. Porém, os profissionais podem optar pela especialização em segmentos específicos. No caso do divórcio e separação, o mais indicado é que você escolha um advogado especialista em direito familiar.

 

Isso porque esse tipo de profissional conhece a fundo as legislações que amparam o âmbito familiar, o que é o caso da guarda, partilha de bens, pensão alimentícia e o divórcio em si.

 

Quando falamos sobre divórcio, existem, basicamente, três modalidades nas quais o divórcio pode se enquadrar. O primeiro caso é o divórcio consensual, no qual ambas as partes optam pela separação de forma amigável. Já o segundo caso é o litigioso, no qual o advogado age como um mediador para buscar um consenso entre as partes, sem a necessidade de judicialização.

 

Por último, o advogado pode atuar no caso extrajudicial. Esta é a situação em que as partes não entram em acordo em relação aos termos do divórcio e o caso precisa ser julgado.

 

O tipo de modalidade vai depender das partes envolvidas, sendo que o advogado analisa o caso para verificar todas as possibilidades disponíveis. A definição dos critérios do divórcio sempre parte dos envolvidos, desde que regidos pela lei.

 

 

Como contratar um advogado de separação e divórcio?

 

Outra dúvida bastante comum de quem precisa deste tipo de profissional é o que se deve levar em conta no ato da contratação. Afinal, o advogado vai prestar toda a orientação jurídica relacionada ao divórcio e defender os seus interesses particulares. Por isso, a escolha não deve ser feita de forma leviana.

 

Além da especialização em direito familiar, é importante que você encontre também um advogado que tenha a inteligência emocional que vai ajudar você a lidar com o divórcio. Empatia e um bom atendimento são competências que devem sempre ser inerentes ao profissional do direito.

 

Por isso, uma boa dica é aliar o conhecimento teórico à atuação na prática. Procure saber mais sobre as referências do profissional e os casos com os quais ele já lidou no passado. Dessa forma, você terá uma ideia melhor de como ele trabalha e como será o seu caso.

 

 

Como funciona o processo de divórcio?

 

O divórcio começa com a decisão do casal. Ao perceber que o casamento não está mais funcionando e ambas as partes não se sentem mais felizes com a situação familiar, eles optam pela separação e cada um vai encontrar o seu próprio advogado de separação e divórcio.

 

A primeira etapa será o agendamento da consulta inicial com o advogado. Na primeira conversa, ele vai entender melhor as suas necessidades e expectativas, com uma conversa franca sobre o que levou ao divórcio, o que você espera da separação, quais são os bens que serão divididos, como é a relação com as crianças e todos os outros quesitos que são importantes para a condução do caso.

 

Neste momento, também será apresentado o orçamento da defesa. Vale lembrar que a contratação de um advogado vai muito além do simples serviço jurídico. Ela representa o apoio que você precisa para recomeçar!

 

Então, após a consulta inicial, segue-se com o processo de separação e divórcio. O advogado pode solicitar uma reunião com o cônjuge e seu advogado para propor um acordo. Caso exista o compromisso, ambas as partes assinam os contratos de divórcio e a situação está resolvida.

 

Porém, caso não exista o acordo, a ação precisará ser levada à Justiça. Em ambos os casos, o advogado de separação e divórcio mantém seu cliente ciente de todas as instâncias do processo e oferece a orientação necessária para que seus direitos sejam garantidos.

 

Portanto, se você precisa de um advogado familiar, não perca mais tempo! Entre em contato agora mesmo para que possamos ajudá-lo da melhor forma possível. Até breve!

Possui
alguma dúvida?


E-mail
contato@brunojussiani.adv.br

Endereço
Rua Jamil Felix Naglis, nº 493
Vila Nascente, Campo Grande - MS

Ver no google maps

Rua Barão de Melgaço, nº 3916
Centro Norte, Cuiabá - MT

Ver no google maps

Bruno Jussiani Advocacia

Bruno Jussiani com sede em Campo Grande desde 2009, tem atuação preponderante no Mato Grosso do Sul, não obstante podendo atender clientes em todo Brasil.

Desenvolvido por SunsetWeb - 2021

Fale com o atendimento

Clique para chamar